Da amizade

Existem tantos textos lindos e profundos sobre a amizade que mal me atrevo a tentar explicar ou descrever este sentimento. Outro dia li uma frase de Yogananda onde ele explicava a amizade como uma atração entre duas almas. Se amor de mãe é o amor mais próximo do Amor de verdade, amor de amigo vem em segundo lugar, pois amigo, amigo mesmo, é amigo e pronto. Não tem condições, não tem talvez, é amigo. É o irmão que a gente escolhe e muitas vezes são irmãos mesmo, talvez por já terem começado a amizade em outros planos.

Amigo de verdade traz aquela sensação de colo quente, de confiança, de cuidado. Dizer que ter amigos é bom, não combina, ter amigos é fundamental para sermos humanos. Ser um amigo, é ser um Yogi.

Ser um amigo é praticar a não violência seja com gestos, atos ou palavras, é falar a verdade com amor, é  não retirar do seu amigo o que só cabe a ele,  é a conservação de energias que une os dois, ou três, ou quantos forem. Ser amigo é ter pureza de pensamentos, desejando o melhor para o outro, é aceitar o que há de diferente entre vocês, é manter-se firme nas situações mais adversas, conhecer-se a cada dia, pois seu amigo lhe ajuda nesse processo. No convívio com o outro é que aprendemos mais sobre nós do que sobre o outro. Ser e ter amigos é realmente uma atração divina entre duas almas. É uma forma de exercitar o amor.

Nenhum comentário:

Todos
os esquerdos reservados. Se copiar alguma coisa, me avisa tá!? Deixe uma mensagem!
Namastê!